Nossa Equipe

Um grande time é formado por grandes pessoas. E garantimos a você: no MTE damos nosso melhor para garantir que nossos eventos tenham qualidade e que os alunos estão recebendo um conteúdo com inovação de valor e visão de futuro.

A lista abaixo é composta por nossos membros atuais, e se quiser conhecer um pouquinho melhor cada um deles, basta clicar em cima do nome para abrir uma descrição!


Diretoria


Diretor Presidente

Meu nome é Alan César Rodrigues, sou membro de Marketing desde 2015, e curso Engenharia Química. Entrei no MTE pela motivação de encarar novos desafios, expandir conhecimentos e buscar o máximo de mim para passar a outros. Na missão do MTE de desenvolver pessoas, encontrei meu lugar e um novo jeito de buscar inspiração em aprender e tornar ideias e ideais realidades. Fiz parte da elaboração da faxina da sede, membro na comissão do Pré Arena 2015, entre outras atividades que me ensinaram muito, abrindo minha cabeça para pensar além da graduação, a fim de me tornar um destaque como pessoa e profissional. Irei dar o meu melhor para acrescentar ao grupo o tanto que eu cresci com ele. #ForçaMTE

Diretor de Administrativo-Financeiro

Olá! Meu nome é Joicy, tenho 24, sou formada em Química Bacharelado e no momento estou tentando o remanejamento interno de Química Tecnológica (outra modalidade na qual sou inscrita) para a Engenharia Química. Entrei no MTE em outubro do ano passado como membro de Oportunidades, e rapidamente me interessei por gestão, me tornando então diretora de ADF.

Eu entrei no MTE em busca de desenvolvimento, visto que havia passado três anos na iniciação científica com a certeza de que eu iria para a pós-graduação. Chegando ao final do curso, decidi que gostaria de experimentar o mundo coorporativo e percebi quão despreparada eu estava. Ao entrar para o grupo, pude aprender muitas coisas como trabalho em grupo, gestão de pessoas, relacionamento com empresas, e estou em desenvolvimento contínuo. Sou muito grata ao MTE por todo o conhecimento compartilhado até agora, e ao time, que me acolheu (mesmo sendo a única não-engenheira na época).

Diretor de Marketing

Meu nome é Jonas. Tenho 22 anos, curso meu quarto ano de Engenharia Química.

Decidi entrar no MTE após um evento ao qual compareci, como muito dos membros que hoje estão aqui.

O MTE se mostrou uma entidade em que a todo momento estamos expostos a muitos desafios, essencial para o desenvolvimento pessoal e profissional: grandes amizades, grandes potencial e muito aprendizado. E isso me chamou a atenção desde o início. Como apresentar o Mercado de Trabalho para a Unicamp sem trazer apenas mais do mesmo? É uma pergunta que me faço todos os dias.

Diretor de Oportunidades

Diretor de Orientação e Carreira e Gerente de Desenvolvimento

Meu nome é Amanda, tenho 22 anos e estou cursando Engenharia Química. O MTE surgiu como uma forma de me aproximar de pessoas de outros cursos ao passo que eu posso adquirir caompetências que a graduação não me oferece, me tornando mais preparada paa o mercado de trabalho e entrando em contato com este desde agora.

Estou há 3 anos no grupo, agora na posição de diretora e gerente e, a cada dia, me identifico mais com os valores do grupo e me sinto orgulhosa de estar crescendo junto com este à medida que estamos conquistando mais espaço no ambiente universitário e maior reconhecimento frente à empresas.


Membros


Administrativo-Financeiro

Desenvolvimento

Sou Tamara Nanni, graduanda de Engenharia Civil na Unicamp. Entrei no MTE no segundo semestre de 2014 como trainee de Desenvolvimento. Apesar de ter participado de algumas entidades e projetos na universidade, nunca tinha participado de um grupo que me gerasse tantas oportunidades de desenvolvimento.

Dentro do MTE realizei algumas atividades como a organização do Treinamento de Lideranças, Teia de Lean Thinking, MTE News e participei da comissão dos eventos "English FOR WORK", "Pré-Arena 2015", "A Arte de Impactar" e do Processo Seletivo de 2015. Todos estes me acrescentaram muito. Atualmente me dedico a diretoria do pilar de Desenvolvimento e sou membro do Marketing.

Apesar de ter entrado no grupo pelos cursos oferecidos, me encantei imediatamente não só pela capacidade do grupo em gerar oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional para os membros, mas também amizades que fazemos aqui e pela paixão que o grupo desperta pelo o que está fazendo. Porque descobrir uma paixão em fazer algo te mostra que você pode fazer bem qualquer coisa.

Por isso só tenho a agradecer aos diretores, conselho e membros com quem aprendo todos os dias. Obrigada MTE!

Vamos que vamos!

Marketing

Olá, sou Ana Paula Hayashida, bixete em Arquitetura e Urbanismo. O segundo curso mais concorrido da Unicamp.

E porque isso é relevante? Em primeiro lugar porque, eu sou a prova de que não é porque não sou das engenharias ou mesmo por ter acabado de entrar na universidade, que o MTE não é o lugar perfeito para estar e trabalhar. E segundo pois, o fato de o curso ser muito concorrido e eu ter entrado, só me faz acreditar que não existe sonho grande o suficiente que o torne irrealizável.

Porque o MTE? Pude ver aqui, a escada para a capacitação completa, em prol do meu grande sonho. Aqui posso aprender ferramentas e desenvolver capacidades necessárias para alcançar tudo aquilo que eu for capaz de sonhar.
Minha frase? Se você pode sonhar, pode realizar.

Olá, Meu nome é Eduardo Palou, tenho 23 anos e curso engenharia Mecânica. Ouço falar do MTE desde meu primeiro ano na Unicamp, como uma entidade séria, focada no desenvolvimento e aproximação de nós alunos do mercado de trabalho. E foi durante a participação em eventos como no Arte de Impactar e em eventos sobre coaching universitário, organizados pelo MTE, que pude comprovar todas as coisas boas que havia ouvido sobre.

O MTE por ser uma organização não exclusiva de nenhuma engenharia nos coloca em contato com pessoas de cursos muito variados, fornecendo uma experiência muito rica e diversificada. No MTE me sinto parte de um todo, no qual consigo contribuir muito, mas no qual também aprendo muito. Minha experiência mais gratificante até o momento foi desempenhar um papel decisivo na escolha do tema de um de nossos últimos eventos, o "Selling Yourself", o qual abordou algumas das competências necessárias para se ter um bom desempenho em entrevistas de emprego, como storytelling e marketing pessoal, e que foi um sucesso. Uma frase que define o MTE para mim é “Eu não falhei. Eu apenas encontrei 10.000 maneiras que não funcionam.”

Me chamo Victor e faço Engenharia Mecânica aqui na Unicamp. Sempre tive a vontade de mudar meu "Status Quo" e continuar sempre em movimento. A faculdade de engenharia pra mim, veio mais do que como uma ferramenta, mas como um adjeto de transformação: Por vezes não me senti feliz no meu curso e tentava várias coisas pra me manter indo, como uma iniciação científica do primeiro até o terceiro ano, cursos online, até mesmo aprender a programar. Foi aí que encontrei o MTE!

Na verdade, ouço falar do MTE desde o primeiro ano, mas tentei mesmo entrar assim que terminei minha iniciação. E cada dia me orgulho mais desta escolha. Pode parecer meio cliché, porém entrar aqui foi uma das grandes mudanças da minha vida: saí da minha zona de conforto. E além disso, entrei em contato com um mundo que se assemelha ao profissional e percebi o quão relevante aos alunos é ter uma experiência desta numa atividade extracurricular.

Hoje, como Diretor de Marketing, tenho como missão proporcionar ao grupo uma experiência homogênea de divulgações, com características de Marketing 3.0 e Golden Circle e desenvolver os membros desta diretoria, enchendo-os de atividades e cada dia mostrando o porquê da importância do Marketing nas nossas vidas. Não tem sido fácil, mas o fato de eu ter aprendido muito com os meus colegas de trabalho (diretores, conselheiros e membros) me faz extremamente grato e faz com que minha maior vontade seja retribuir à esta entidade tudo que ganhei e mais um pouco.

Vamos que vamos, MTE!

Oportunidades

Oi sou Carla, tenho 19 anos e curso Engenharia de Alimentos na Unicamp, adoro meu curso e cada dia fico ainda mais apaixonada.

Soube do MTE por uma amiga e me identifiquei bastante com os valores, principalmente pela diversidade de ideias e a vontade de estar sempre melhorando, por isso não perdi tempo e me inscrevi no processo seletivo.

Aqui, trabalhamos em grupo e crescemos com profissionais e pessoas, estamos sempre ensinando e aprendendo. O MTE deixa suas marcas Unicamp e saber que ajudei nisso me deixa muito orgulhosa. A felicidade de ver um projeto sair do papel e ajudar muitas pessoas me faz realizada. E é isso o que fazemos aqui!

Orientação e Carreira


Conselho


Me chamo Victor e faço Engenharia Mecânica aqui na Unicamp. Sempre tive a vontade de mudar meu "Status Quo" e continuar sempre em movimento. A faculdade de engenharia pra mim, veio mais do que como uma ferramenta, mas como um adjeto de transformação: Por vezes não me senti feliz no meu curso e tentava várias coisas pra me manter indo, como uma iniciação científica do primeiro até o terceiro ano, cursos online, até mesmo aprender a programar. Foi aí que encontrei o MTE!

Na verdade, ouço falar do MTE desde o primeiro ano, mas tentei mesmo entrar assim que terminei minha iniciação. E cada dia me orgulho mais desta escolha. Pode parecer meio cliché, porém entrar aqui foi uma das grandes mudanças da minha vida: saí da minha zona de conforto. E além disso, entrei em contato com um mundo que se assemelha ao profissional e percebi o quão relevante aos alunos é ter uma experiência desta numa atividade extracurricular.

Hoje, como Diretor de Marketing, tenho como missão proporcionar ao grupo uma experiência homogênea de divulgações, com características de Marketing 3.0 e Golden Circle e desenvolver os membros desta diretoria, enchendo-os de atividades e cada dia mostrando o porquê da importância do Marketing nas nossas vidas. Não tem sido fácil, mas o fato de eu ter aprendido muito com os meus colegas de trabalho (diretores, conselheiros e membros) me faz extremamente grato e faz com que minha maior vontade seja retribuir à esta entidade tudo que ganhei e mais um pouco.

Vamos que vamos, MTE!